quarta-feira,
29 de maio de 2024

Feriado de Natal é violento, com 9 mortes nas rodovias federais que cortam ES

Redação

A Operação Natal 2023 nas rodovias federais do ES demonstram aumento no número de acidentes, feridos e mortos nas rodovias federais que cortam o ES. Este ano, com o recesso de quatro dias, abrangendo os dias 22/12 a 25/12, tivemos o registro de 09 óbitos e outras 42 pessoas que ficaram feridas em 34 acidentes no período. No feriado do Dia do Trabalhador, no mês de maio deste mesmo ano, último feriado que contou com os mesmos 04 (quatro) dias de operação, foram registrados 02 óbitos, 28 feridos e 24 acidentes, o que caracterizou para este recesso de Natal um aumento nesses indicativos.

Foi registrado neste feriado de Natal um aumento significativo no número de veículos que acessaram as rodovias federais do ES, comparando-se aos últimos feriados prolongados, sobretudo o de Finados e de Nossa Senhora Aparecida, o que de alguma forma acabou por impactar negativamente nos números de acidentes, feridos e mortos.

Números da Operação:

– A PRF no ES fiscalizou 655 veículos, verificando a condição de documentos de 716 pessoas. Os agentes extraíram 746 autos de infrações no total, recolheram ao pátio 58 veículos e detiveram em flagrante 13 pessoas.

– Foram 183 notificações de ultrapassagem proibida, 07 notificações por embriaguez ao volante e 86 por não usar o cinto de segurança. Também foram realizados 387 testes de bafômetro.

A PRF planeja, mapeia e ocupa os locais críticos com o objetivo de garantir um trânsito mais seguro, fiscalizando de forma ostensiva, visando inibir o cometimento de infrações como o excesso de velocidade, a ultrapassagem na faixa contínua e a embriaguez ao volante, infrações essas que impactam diretamente e de forma relevante nos resultados das operações no que tange os indicativos de letalidade, gravidade e quantidade de acidentes.

Nesta Operação Natal em específico, a PRF ainda massificou a fiscalização de itens de segurança, como o capacete para motociclistas, a “cadeirinha” para o transporte de crianças e o uso do cinto de segurança para todos os ocupantes de veículos.

No entanto, para que se tenha sucesso na missão de coibir a prática de infrações, é essencial que o condutor faça a sua parte, buscando dirigir com segurança, atento às leis de trânsito, para que tenhamos um trânsito mais cidadão.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *