sábado,
15 de junho de 2024

Operação da Polícia prende três pessoas e apreende drogas e dinheiro na Região Serrana

Redação

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Superintendência de Polícia Regional Serrana, realizou, na última sexta-feira (22), uma operação policial para dar cumprimento de mandados de busca e apreensão no inquérito policial que apura o crime de tráfico de drogas na região. Na ação, que contou com a participação de 25 policiais das Delegacias de Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Domingos Martins, Colatina e Santa Leopoldina, foram efetuadas três prisões. Além disso, foram apreendidos celulares, dinheiro, drogas e munições.

A operação envolveu o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão domiciliar de forma simultânea em diversas localidades. No Centro da cidade de Itarana, um homem de 34 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas, após a apreensão de porções de cocaína, haxixe e R$ 1.061,00 em espécie em seu escritório.

Durante a execução de um mandado de busca em uma residência no bairro Baixo Sossego, em Itarana, as equipes apreenderam uma munição calibre 9 milímetros, resultando na condução de uma mulher de 53 anos.

No bairro Santa Terezinha, também em Itarana, os policiais realizaram buscas em uma residência alvo de mandado e apreenderam um pino de cocaína, uma munição calibre. 38, dois estojos deflagrados de munição calibre .32 e R$ 4,8 mil em espécie. Uma mulher de 33 anos foi presa em flagrante durante a ação. 

Todos os conduzidos foram encaminhados à autoridade policial para os procedimentos de praxe. O suspeito de 34 anos foi encaminhado ao sistema prisional, enquanto as duas mulheres foram liberadas para responder em liberdade, após o recolhimento da fiança arbitrada pelo delegado de plantão.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *