sexta-feira,
21 de junho de 2024

Cenário de guerra e tristeza: Veja em fotos e vídeo dos danos causados pela chuva no Morro do Sal e Jaciguá

Por Redação do NC

Várias famílias ficaram desabrigadas após uma forte chuva que caiu na noite desta sexta-feira (22), em Vargem Alta, na região serrana do Estado. O Rio Novo que corta o município, não suportou o volume e transbordou. Veja vídeo abaixo.

Na sede a água tomou conta de casas e comércios. Uma cena triste, que se repete em menos de 4 anos. Em Jaciguá, o cenário era de caos, guerra e tristeza. Móveis que foram totalmente destruídos estavam amontoados nas pequenas vielas. Os entulhos dividiam o espaço com lama.

A Defesa Civil do Espírito Santo divulgou na manhã deste sábado um relatório mostrando o acumulado de chuva nas cidades capixabas. Em Vargem Alta, o acumulado de chuva nas últimas 24h: 150.6 mm.

Na localidade do Morro do Sal, o cenário de tristeza se repete, deixando rastro de destruição, com casas alagadas, carros carregados pela enxurrada e dezenas de famílias desalojadas.

Devido à forte chuva que causou estrado no Sul do Estado, Governo decreta situação de emergência. A informação foi divulgada pelo governador, em coletiva de imprensa na manhã deste sábado (23).

A chuva não vai dar trégua. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta vermelho (grande perigo) para a possibilidade de chuvas intensas em todos os municípios capixabas.

Por conta deste volume de chuva, as cidades podem ter risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

Os moradores de áreas próximas às encostas ou ribeirinhas devem ficar atentos e se necessário acionar a Defesa Civil de sua região.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *