Menu

Notícia Capixaba - Navegação

Home Castelo Agricultura

Agricultura


Café de Castelo é comprado por mais de R$ 18 mil em leilão de cafés tardios

 

07.02.2022

 

 

Foto: Divulgação Incaper

 

Redação

 

Uma saca de café arábica do município de Castelo foi arrematada por R$ 18.500 no 1º Leilão de Nano Lotes de Cafés Especiais Tardios da Indicação Geográfica Montanhas do Espírito Santo. O café é da produtora Liliane Sartori e foi arrematado pela empresa Faf Coffees ES. O segundo maior preço de arremate foi de R$ 12 mil, para o café do produtor Marciano Nalli, também de Castelo. O evento foi realizado no dia 28 de janeiro último, em Venda Nova do Imigrante, e reuniu mais de 100 pessoas, entre cafeicultores e compradores.  

 

O leilão foi realizado pela Associação de Produtores de Cafés Especiais das Montanhas do Espírito Santo (ACEMES) e pela Prefeitura de Venda Nova do Imigrante, com apoio de instituições parceiras e patrocinadores. Um dos principais objetivos do evento é valorizar a qualidade dos cafés tardios da região, pois, como são colhidos tardiamente, os produtores ficam impossibilitados de participem de concursos de qualidade com esses cafés.

 

A classificação dos cafés foi feita com o auxílio do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). A análise sensorial dos cafés foi feita no Centro de Cafés Especiais do Espírito Santo (CECAFES), localizado na Fazenda Experimental do Incaper de Venda Nova do Imigrante.

 

"Os lotes finalistas do leilão de cafés tardios das Montanhas do Espírito Santo surpreenderam o paladar e o olfato de todos os provadores, foi uma coroação para fechar com chave de ouro a colheita de 2021. Tivemos cafés exóticos com uma riqueza muito grande de aromas e sabores, trazendo para a xícara melado, rapadura, frutas amarelas, chocolate, mel, floral e caramelo. Os cafés também apresentaram acidez equilibrada, licorosa, e fosfórica, corpo intenso e marcante com finalização suave agradável e prolongada”, relatou Douglas Gonzaga, extensionista do Incaper e coordenador do CECAFES.

 

O diretor-presidente da ACEMES, Rodrigo da Silva Dias, destacou a importância da parceria com o Incaper para a IG Montanhas do ES. “A estrutura dos escritórios locais nos permite chegar a todos os municípios e produtores da área de abrangência da ACEMES. O Incaper também trabalha com a realização de cursos e treinamentos para aperfeiçoamento do produtor visando à agregação de valor na atividade cafeicultura. O primeiro passo para fazer parte da IG é procurar o escritório do Incaper local para verificação do nível de sustentabilidade da propriedade, por isso, o Instituto é tão importante na parceria”, destacou Dias.

 

A atuação do Incaper para a realização do leilão começou no campo, conforme explicou o gerente de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) do Incaper, Fabiano Tristão. “O nosso trabalho começou lá atrás, no início da colheita. Por meio dos nossos técnicos dos escritórios locais, incentivamos os agricultores a produzir cafés para nanolotes, de alta qualidade. Trabalhamos com as tecnologias e técnicas que o Incaper preconiza para produção desses cafés. A partir disso, a gente trabalhou com o regulamento desse leilão e começamos a divulgar e incentivar a participação dos produtores no evento”.

 

Os lotes analisados para o leilão apresentaram pontuação acima de 87 pontos. A partir da análise, foram classificados os dez primeiros colocados. O Incaper também atuou no dia do evento com palestras sobre “Inovações tecnológicas para produção de cafés especiais”, que teve a participação dos extensionistas César Abel Khroling e Fabiano Tristão. 

 

“Os cafés foram comercializados com preços extraordinários. O leilão foi uma importante ação de visibilidade para os cafeicultores e uma excelente oportunidade de agregação de valor a esses cafés especiais produzidos nas montanhas do Espírito Santo. O nosso objetivo também é contribuir para a agregação de valor dos cafés”, ressaltou Fabiano Tristão. 

 

Os dez lotes de cafés que participaram do leilão são de agricultores de Castelo, Vargem Alta, Marechal Floriano e Afonso Cláudio, sendo os municípios inseridos na região de abrangência da Indicação Geográfica dos cafés das Montanhas do Espírito Santo. A excelência de aromas e sabores e diversidade de perfis sensoriais apresentados pelos cafés finalistas demonstra o potencial da região para produção de cafés exóticos. O terroir característico da região é resultado das interações entre local, clima e tecnologias aplicadas pelos agricultores.

 

 

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

 

Comentários Facebook


Agora ficou mais fácil para você leitor,
sugerir pautas e interagir com o jornal.

 

  (28) 99938-5959

  noticiacapixabaes@gmail.com

  noticiacapixaba@noticiacapixaba.com

  redacao@noticiacapixaba.com

 

Siga-nos no Facebook!

Notícia Capixaba

 

O Portal Notícia Capixaba é campeão de acessos no segmento de portais de notícias regionais e se esforça para atender o cidadão com o que há de mais profissional em informação.

 

© Notícia Capixaba. Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web