terça-feira,
23 de julho de 2024

Temer libera Paulo Hartung para apoiar até Aécio

Notícia Capixaba.

Executiva Nacional reunida decidiu liberar geral, em função do crescimento do número de estados que não desejam manter aliança com PT. Após três horas de reunião da Executiva Nacional do PMDB, o vice-presidente da República, Michel Temer, disse nesta quarta (14) que vai respeitar todas as decisões regionais, “mesmo que as alianças não sejam com o PMDB”.

A reunião aconteceu no Hotel San Marco, no setor Hoteleiro Sul, em Brasília. Segundo Temer, no Espírito Santo, o ex-governador e candidato da sigla ao governo, Paulo Hartung está livre para apoiar qualquer pré-candidato a presidente, até Aécio Neves (PSDB/MG).

Deputados, senadores e presidentes regionais da sigla, no entanto, não chegaram a um consenso sobre a manutenção de aliança com a presidente Dilma Rousseff.A decisão tomada hoje pelo partido agradou aos deputados Lelo Coimbra e Rose de Freitas, que participaram da reunião. Dia 10 de julho, o PMDB fará convenção nacional para referendar a decisão de hoje.

Além dos presidentes regionais do PMDB, também foram deputados e senadores da sigla, inclusive as estrelas como o presidente do Senado Renan Calheiros (AL), o senador José Sarney (MA), o presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (RN) e o deputado federal Eduardo Cunha (RJ).

Sem mudança

Presidente regional do PSDB, deputado César Colnago, disse que não vai atropelar os fatos. “O PSDB tem candidato próprio e vamos discutir esse novo cenário. Temos tempo para decidir”, afirmou.Presidente do SDD, o deputado Manato também comentou a decisão. Ele acredita que o atual candidato a governador do PSDB, Guerino Balestrassi, acabe disputando vaga à Câmara Federal.

Com informação: agenciacongresso.com

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *