terça-feira,
16 de abril de 2024

Novos recordes de calor registrados no Estado

O vento moderado do Norte, que transporta calor da região central do país, fez a temperatura subir rapidamente em todo o Espírito Santo nesta terça-feira (14). Este escoamento de vento na região da massa de ar seco é típico na aproximação de frentes frias.

A topografia acidentada do Estado faz o ar aquecer ainda mais. Ao descer as montanhas capixabas, ele fica mais quente e seco, elevando muito as temperaturas na região Sul, com destaque para o vale do Itapemirim.

O município de Alegre registrou temperatura máxima de 39°C, que não chegou a ser recorde. No dia primeiro de janeiro, foram registrados 39,2°C no município. Cachoeiro de Itapemirim teve máxima de 39,1°C e Presidente Kennedy teve máxima de 37,2°C, novo recorde para a cidade em 2014. Outras cidades do Estado também passaram por um dia muito quente: Afonso Cláudio teve calor recorde para este ano: a máxima observada foi de 34,7°C. Os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

A estação do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) em Marilândia, região Noroeste, registrou novo recorde também. A máxima foi de 38,1°C. A estação do INMET em Nova Venécia, também na região Noroeste, registrou calor de 35,8 °C, novo recorde para a cidade em 2014. Na região Norte, a estação do Incaper em Pinheiros teve recorde de 36,0 °C e Mucurici igualou o recorde do mês passado: o termômetro marcou 36,6° C.

Segundo o meteorologista do Incaper, Bruce Pontes, o calor nessa época do ano é normal. “A primavera é uma estação de muitos altos e baixos. Hoje está calor, amanhã pode passar uma frente fria e fazer com que a temperatura caia. É uma situação normal. Somente no fim da estação é que o tempo começa a estabilizar, quando o calor começa a predominar, mas não chega a atingir temperaturas extremas”, afirmou.

A previsão é de máximas ainda altas amanhã (15) na metade norte do Estado, onde hoje os termômetros chegaram a marcar entre 36 e 37 °C. Já na metade sul, a máxima deve ficar cerca de 4°C mais baixa, com possibilidade de pancadas de chuva a partir da tarde na região do Caparaó/ABC e na região Serrana. O abafamento diminui um pouco mais em todo o Estado durante a quinta-feira, por causa da passagem de uma frente fria pelo mar. No entanto, o calor volta com tudo já no fim de semana, sendo esperadas temperaturas bem altas, como as de hoje, já no início da semana que vem.

 
Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.
Array

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *