sábado,
22 de junho de 2024

Escola Guilherme Milaneze em Fruteiras, Vargem Alta, desenvolve projeto interdisciplinar de combate à dengue

Redação

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Guilherme Milaneze, localizada em Vargem Alta, desenvolveu, ao longo mês de abril, um projeto interdisciplinar com os estudantes da 3ª etapa do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), utilizando como tema o combate à dengue. Idealizada pela professora de Biologia Clara Ayume, a atividade teve como objetivo explorar, com o viés de várias disciplinas, as temáticas relacionadas à dengue.

Os estudantes precisaram aplicar os conhecimentos teóricos estudados nas aulas de Biologia, Química, Matemática, Português e Inglês em ações contextualizadas relacionadas à doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Durante as ações, foram realizadas a captura e a identificação de mosquitos; a leitura e a interpretação de notícias, com a construção de folders sobre o combate à dengue; e a interpretação matemática dos dados estatísticos da dengue na região do Espírito Santo.

Além disso, os educandos puderam participar de um projeto desenvolvido pelo Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade de São Paulo (USP), que propõe realizar as práticas de Biologia em todo o Brasil. Participaram do projeto os professores Marcos Bento, de Português; Rebeca Oliveira, de Língua Inglesa; Guilherme Patusi, de Matemática; e Clara Ayume, de Biologia.

“Atividades interdisciplinares contribuem positivamente para a aprendizagem dos alunos, pois eles conseguem perceber de forma aplicada os conceitos e cálculos explicados em sala de aula. São ações que estimulam o pensamento crítico e a reflexão sobre as temáticas presentes em seu cotidiano”, explicou a professora Clara Ayume.

Compartilhe

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site, e nos reservamos o direito de excluir. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *